Spotify: o que a gigante do streaming tem a nos ensinar sobre marketing?

Spotify: o que a gigante do streaming tem a nos ensinar sobre marketing?

O Spotify é um case de sucesso quando o assunto é marketing. Saiba porque no post a seguir!

Fechando o ano de 2017 com cerca de 157 milhões de usuários ativos e mais de 35 milhões de músicas em seu acervo, o Spotify é um case de marketing e de sucesso. Relativamente novo, criado em 2008 na Suécia, em seu site, o Spotify deixa claro sua missão: desbloquear o potencial criativo do ser humano por meio da arte de milhares de artistas, dando oportunidade aos seus fãs de aproveitarem e inspirarem-se por seus materiais.

Quem aprecia música, já deve ter tido algum contato com o aplicativo. E não é por menos, saindo de um serviço de streaming como qualquer outro, a marca conseguiu posicionar-se de forma mais humana, alcançando o público tanto no digital quanto no real.

Neste post, você vai perceber que a gigante do streaming tem, pelo menos, seis lições importantes sobre marketing e que podem servir de inspiração para qualquer empreendedor. Confira, a seguir, as principais estratégias que colaboraram com o crescimento acelerado e a estruturação do Spotify no mercado.

1.Tenha certeza de quem é o seu público

O grande trunfo para estruturar uma boa estratégia e, consequentemente um plano de marketing efetivo, vem do fato de você saber com quem está falando. E, para isso, é necessário conhecer seu público, saber o que ele procura e se você tem potencial para oferecer algo relevante para essas pessoas.

No caso do Spotify, conforme o próprio serviço menciona em seu portal Spotify for Brands, grande parte do público, cerca de 67%, é formado pelos Millenials. Além de apresentarem dados completos sobre a quantidade de vezes que uma determinada música foi escutada ou o fato de que esses ouvintes têm 44% mais probabilidade de informar amigos e familiares regularmente sobre novos produtos, deixa claro que eles sabem com quem estão falando e como devem se comunicar com esses usuários.

Mais do que uma boa estratégia, saber quem é o seu público possibilita o contato mais próximo e, com certeza, uma relação entre marca e cliente muito mais estruturada e efetiva.

2. Ofereça conteúdo de qualidade (em todos os seus canais)

Buscando ir além de um serviço de streaming criado para competir com concorrentes como Apple Music e Deezer, o Spotify, desde o início, proporcionou conteúdo de alta qualidade e um acervo com os mais variados artistas para seus usuários, independentemente se utilizassem uma conta gratuita ou paga.

Conforme Daniel Ek, CEO do Spotify, a garantia da qualidade vem do fato de a empresa ser 100% dedicada ao seu universo: o universo da música. O serviço, por meio de um algoritmo, consegue ofertar o melhor conteúdo para cada pessoa, sugerindo playlists únicas, novas músicas e ritmos.

A comunicação não se resume somente ao aplicativo, mas também está presente nas redes sociais como Instagram, Facebook e Twitter, as quais, somadas, totalizam quase 26 milhões de seguidores. Não é pouco, não é mesmo? Basta conferir cada rede para perceber que a música também está presente nos demais canais, seja com clipes, divulgações de novos artistas, álbuns recém lançados ou informações musicais para seus seguidores. Conteúdo relevante e humano – essa é uma das principais marcas do marketing do Spotify!

3. Procure segmentar suas campanhas de forma inteligente

Nesse quesito, o Spotify recebe nota 10, aproximar seus clientes por meio de playlists segmentadas é, de fato, um dos principais atrativos do serviço. Como mencionamos, por meio de um algoritmo, conforme a pessoa vai escutando suas músicas, ritmos e artistas preferidos, novas opções são sugeridas.

Ter a capacidade de oferecer sempre uma novidade, por menor que seja, cria um diferencial marcante para o público. A sensação de algo novo faz a pessoa não saturar do serviço. E, além de aproveitar a segmentação inteligente para sugerir playlists, o Spotify consegue proporcionar uma experiência com anúncios relevantes para cada pessoa. Seja, por exemplo, com o anúncio de um novo clipe pop em uma lista pop, ou seja com um anúncio de um novo artista sertanejo em listas focadas no gênero.

4. Não venda somente mais um produto, crie uma experiência

Mais do que bom conteúdo e um serviço oferecido para usuários gratuitos e premium, o Spotify deixa claro que os insights pessoais do seu público, proporcionados em tempo real, e disponibilizados em sua plataforma Spotify for Brands, vão além de dados demográficos e de IDs de dispositivos, revelando estados de espírito, predisposições, gostos e comportamentos.

Descoberta, diversidade, nostalgia, inclinação e obsessão, são as principais palavras-chave presentes no streaming. Remete a algo humano, não é mesmo? Vai além de mais um produto a ser vendido, é parte do dia a dia de cada pessoa.

5. Conquiste e reforce sua identidade

Seguir os passos anteriores fará o público perceber algo marcante e positivo em seu negócio, assim como o Spotify vem fazendo para cada usuário desde 2008, utilizando uma identidade marcante, uma comunicação mais aberta e várias cores para conversar com seu público.

É fundamental reforçar sua identidade e compreender quem você é para o seu público. Esse é um dos principais passos para sua estratégia de marketing. Tendo em mente como sua marca está estruturada, será possível estabelecer e melhorar ainda mais sua comunicação. Afinal, o público quer e precisa de uma marca bem posicionada e única.

6. Aposte no relacionamento

O case de sucesso em marketing do Spotify tem sua essência: o relacionamento com cada cliente. Único e marcante, o serviço tornou-se o streaming mais popular no mundo, com cerca de 170 milhões de usuários, em 65 mercados, conforme menciona em seu site. O motivo? A relação criada com seus usuários.

Não somente em suas mídias e aplicativo, até mesmo em outdoors e demais campanhas, o Spotify humaniza sua marca e coloca o cliente como centro de sua comunicação. A marca não deixa a oportunidade passar e consegue proporcionar identificação com sua persona e investe no conteúdo gerado por cada pessoa.

É preciso investir em boas iniciativas, alinhar sua comunicação e conversar de igual para igual com quem utiliza seu produto ou serviço. Para isso, é necessário ir além do usual e colocar em prática essas e outras lições que o Spotify nos ensina com um simples play diário.

Gostou desse conteúdo? Você utiliza o Spotify? Deixe sua mensagem nos comentários!

 

Marketing-digital-passo-a-passo-completo-para-iniciantes-postspot-cta-724x183

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Fechar